(84) 3082-1871 / 3222-8231 / 3201-3807

Vacina Rotavírus Pentavalente

Doença

O Rotavírus é um vírus que causa diarréia grave freqüentemente acompanhada de febre e vômitos.
É hoje considerado um dos mais importantes agentes causadores de gastrenterites e de óbitos em crianças menores de cinco anos em todo mundo.
A maioria das crianças se infecta nos primeiros anos de vida, porém os casos mais graves ocorrem principalmente em crianças até os dois anos de idade.
Além das medidas tradicionais de higiene e de saneamento básico para sua prevenção, a perspectiva real para o controle da diarréia por Rotavírus é a introdução de uma vacina eficaz e segura no calendário de vacinação infantil.

Composição

É uma vacina de vírus vivo atenuado, contra diarréia causada por rotavírus do tipo G1, G2, G3, G4 e G9.

Eficácia

No Brasil, a vacina pentavalente contra o rotavírus pode reduzir em 95% os quadros de diarréia.

Indicações

A vacina pentavalente contra o rotavírus está indicada de rotina para todas as crianças entre 6 semanas e 8 meses de vida.

Contra-indicações

* História de anafilaxia a dose anterior da vacina ou seus componentes
* Deve ser adiada no caso de infecções agudas febris
* Pessoas com imunodepressão
* Gestação
* História de doença gastrointestinal crônica
* Malformação congênita do trato digestivo
* História prévia de invaginação intestinal.

Esquema

O esquema vacinal recomendado é:
* Número de doses: 3
* Idades recomendadas para as doses: 2 ,4 e 6 meses
* Mínima idade para a 1ª dose: 6 semanas
* Máxima idade para a 1ª dose: 14 semanas e 6 dias
* Mínimo intervalo entre as doses: 4 semanas
* Máxima idade para a última dose: 8 meses e 0 dias

Doses

Administrar 1,0 ml, por via oral.

Reação

Nos estudos realizados até o momento, nenhum evento clínico específico foi relacionado a esta vacina.

Considerações

A vacina contra Rotavírus não deve, de forma alguma, ser aplicada fora das faixas etárias preconizadas.