(84) 3082-1871 / 3222-8231 / 3201-3807

Vacina Hexavalente- DPTa+ Hib+Salk+Hepatite B

Doença

* Difteria- doença grave que acomete principalmente a garganta, mas que pode atingir o coração, rins e fígado.
* Coqueluche- causa tosse severa,com episódios de vômito e cianose com duração de várias semanas. Pode levar a apnéias e grave dificuldade respiratória em crianças menores.
* Tétano- doença grave que cursa com severos espasmos musculares, hipertonia e convulsões que podem levar ao óbito.
* Haemophilus influenzae tipo B- causa inúmeras moléstias infantis graves e até fatais como meningite, septicemia, artrite séptica, pneumonia, otite média, sinusite e epiglotite aguda.
* Poliomielite ou Paralisia Infantil é uma doença infecto-contagiosa viral aguda, provocada por vírus e que pode ocorrer sob forma de infecção inaparente ou sob forma paralítica que pode provocar seqüelas permanentes ou levar à morte.
* Hepatite B é uma doença viral inflamatória que compromete as funções do fígado. Caso não seja diagnosticada precocemente e tratada adequadamente, a Hepatite B pode levar a graves conseqüências, como cirrose e câncer hepático.

Composição

Vacina inativada que contém toxóides do tétano e difteria, antígenos purificados da bactéria que causa a coqueluche, polissacarídeos de Hib conjugados com toxóide tetânico, vírus inativados da poliomielite e antígenos de superfície do vírus da Hepatite B.

Eficácia

A vacina confere uma proteção contra a difteria de 90 a 95%. Para a coqueluche, a proteção está entre 77 e 95%. Para o tétano, a eficácia é de aproximadamente 100%. Para o Hib maior que 85%. Para a Pólio, acima de 90%. Para a Hepatite B, cerca de 95%.

Indicações

Indicada rotineiramente para crianças aos 2 e 6 meses.

Contra-indicações

* Indivíduos com idade superior a 5 anos
* Encefalopatia sem causa identificável que tenha ocorrido até 7 dias após dose anterior de vacina contendo toxóide da coqueluche
* Portadores de distúrbios neurológicos em evolução, associados ou não a convulsões                                                                                       * História de anafilaxia a dose anterior da vacina ou seus componentes
* Deve ser adiada no caso de infecções agudas febris

Esquema

* Segue o mesmo esquema da DPT: Aos 2 e 6 meses de idade
* Deve ser aplicada até os 5 anos de idade

Doses

Administrar 0,5 ml, por via intramuscular.

Reação

Dor, vermelhidão e nódulo no local da aplicação.
Menos frequentemente, pode ocorrer febre.

Considerações