(84) 3082-1871 / 3222-8231 / 3201-3807

Medidas de Segurança e Prevenção de Acidentes Domésticos

Sabemos que os tipos de acidentes com crianças variam em função da idade que elas têm, no entanto também não existem dúvidas de que a maioria destes ocorre dentro de casa. Vamos neste texto, abordar algumas medidas que se tomadas de verdade, poderão evitar grande parte dos acidentes com as nossas crianças:

Na cozinha

Os cabos das panelas devem ficar virados para dentro, a fim de evitar que a criança puxe e se queime. Sempre que possível, use apenas as bocas traseiras do fogão. O forno precisa ter um tipo de fechamento seguro, capaz de resistir às tentativas que o bebê poderá fazer para abri-lo. Acendedores e fósforo devem ser deixados em lugar bem alto. Detergentes, água sanitária e produtos de limpeza em geral jamais devem ser guardados no armário debaixo da pia. Muito cuidado com estes armários baixos, coloque uma tranca para ter mais segurança. O local onde são guardadas as louças também deve ficar bem fechado, pois os bebês costumam tentar subir e se apóiam nas prateleiras, com o risco de levar um tombo perigoso. Mantenha a lata de lixo em um lugar onde a criança não alcance. Sacos plásticos podem provocar asfixia, portanto nunca deixe seu filho brincar com eles. Ferros de passar, torradeiras e cafeteiras devem ser desligados da tomada quando estiverem fora de uso. Atenção! Eles permanecem aquecidos por um bom tempo, mesmo desligados. Jamais deixe baldes com água no chão da cozinha. Verifique sempre se o chão está bem seco. Escorregadio, ele pode provocar acidentes graves. A melhor dica é: lugar de criança é longe da cozinha. Assim, sim, podemos evitar acidentes.

Na sala

De preferência, os móveis devem ter cantos arredondados. Caso isto não aconteça, existem nas lojas, protetores de quina apropriados para evitar machucados. Têm forma de bichinhos e são ótimos para aquelas mesinhas que ficam na altura da criança. De qualquer maneira, os cantos devem sempre estar protegidos. Aparelhos de som e televisão devem ficar na estante ou sobre um móvel inacessível às mãozinhas curiosas de seu filho. Bebês costumam se pendurar nas toalhas de mesa ou puxá-las, o que é extremamente arriscado, por isto é sempre preferível usar os jogos americanos. As tomadas devem permanecer cobertas com protetores especiais. Você encontra em lojas de departamentos ou de produtos infantis. Guarde os ventiladores portáteis. Prefira, por enquanto, os de teto.

É preciso manter sofás e poltronas longe das janelas para que não sirvam de "batentes" onde as crianças podem subir. Não se esqueça também que elas (as janelas) devem estar sempre revestidas com telas próprias. Cuidado se o piso é de mármore ou de outro material liso e escorregadio. Se houver escadas, utilize uma grade protetora e mantenha-a bem fechada.

No banheiro

A tampa do vaso sanitário precisa estar sempre fechada. Lugar dos produtos de higiene é fora do alcance das crianças, dentro de gavetas altas ou nas prateleiras superiores dos armários. Estes devem permanecer sempre bem fechados. O piso do banheiro fica molhado, causando muitos tombos. Fique atenta e apele para forrações de material antiderrapante. Teste sempre a temperatura da água.

Grande segredo: Não deixe seu filho sozinho no banheiro por motivo algum.

No quarto

Mantenha o berço, a banheira, a cômoda e poltronas sempre afastadas das janelas. Coloque o colchão bem baixo, para que não haja quedas do berço. A distância entre as grades do berço deve ficar em torno de 6 cm. Caso seja muito maior, permite que o bebezinho enfie a cabeça e fique preso. Apenas os brinquedinhos bem pequenos e que não ofereçam risco podem ficar no berço. Os grandes são capazes de machucar, sufocar ou servir de trampolim para uma tentativa de pular a grade. Cuidado com o travesseiro por causa do perigo de sufocamento. Não deixe jamais o bebê sozinho sobre o trocador. Ao guardar os brinquedos, retire pilhas e baterias. O bebê pode colocá-las na boca e elas liberam um tipo de substância ácida e nociva. O armário de roupas deve ser firme. Caso contrário dê um jeito de fixá-lo na parede para fugir dos acidentes. Use protetores de espuma ultra-resistente, entre o batente e a porta. Eles evitam que, no entra-e-sai constante, os dedinhos da criança fiquem presos. Atenção dupla para medicamentos, moedas e brincos deixados na mesinha de cabeceira. Podem ser engolidos.

Na área de serviço

Deixe sempre fechada a máquina de lavar. Tire o fio da tomada quando não estiver em uso. Não deixe baldes ou bacias com roupas de molho no chão. É perigosíssimo para o neném. Sacos plásticos devem ser guardados em armários bem fechados. O mesmo para todo o material de limpeza. Não se descuide um instante sequer. Verifique se o piso está bem seco ou seu filho se arrisca a levar um tombo.

Na piscina

Se você tem piscina em casa, mantenha-a sempre, mas sempre mesmo, coberta com tela resistente, especialmente criada para este fim. E mais importante: criança só pode brincar perto de piscina e laguinhos com bóias de braço e sob vigilância permanente de um adulto.

Dra. Luiza Katherine Meira Pires
Pediatria do Desenvolvimento – Aconselhamento
CRM 1200