VocÍ jŠ estŠ quase lŠ!

 

Já está quase chegando! As semanas 28 a 40 são um período notável de crescimento e desenvolvimento para o bebê.

Agora que você terminou com sucesso dois terços da gravidez o que poderá esperar dos últimos três meses? O terceiro trimestre desde a semana 28 até a 40 é um período notável de crescimento e desenvolvimento para o bebê. É quando começa a desenvolver gordura debaixo da pele, e começa a se exibir como a criança que você sonha em ver no momento do nascimento

Retrato em miniatura

No final da semana 32, o bebê tende a pesar ao redor de 1.8 quilos e a ter 28 centímetros de comprimento. Vai ganhar peso rapidamente de maneira que, no momento de nascer, vai pesar ao redor de 3.1 a 3.6 quilos. Vai desenvolver um ciclo de dormir-despertar e pode ser que você comece a notar quando ele está acordado e se movendo e quando está dormindo e tranqüilo. Talvez também note períodos de movimentos rítmicos que provavelmente signifiquem que tem soluço.

Seu bebê agora começa a chupar o dedo polegar ou a fazer movimentos de sucção com a boquinha, aprendendo como se amamentar no momento de nascer. Suas pálpebras já não estão coladas, o que significa que pode abri-las e fechá-las com regularidade. O bebê desenvolve sua habilidade de ver e ouvir e você vai notar que ele responde aos estímulos do entorno, tais como barulhos, música ou luz. Apesar de que ainda está dentro de você, já começa a responder como um bebê “real”!

A Zona de comodidade

E o que acontece com você? Provavelmente vai ver lados positivos e negativos nos meses finais da gravidez. As coisas negativas são os incômdos físicos, a maior parte devido ao crescente tamanho e peso do bebê. Pode ser que você fique com falta de ar quando o pequeno comece a pressionar contra o seu diafragma e pulmões e por isso subir um monte de escadas ou dar uma enérgica caminhada ao redor do quarteirão já não é mais uma tarefa fácil. A dor nas costas e a fadiga podem deixá-la mais lenta devido ao incremento de peso que você está carregando.

Reagindo com calma

Aproveite esta oportunidade para reagir com calma e se exigir menos. Peça aos amigos ou familiares que te ajudem quando for possível. Pode ser que você tenha dificuldade para encontrar uma posição cômoda para dormir de noite e é possível que vá muitas vezes ao banheiro à medida que o bebê pressione sua bexiga. Reduzir a quantidade de líquidos antes de ir para a cama pode ajudar. Muitas mulheres notam inflamação (também chamada de edema) nos tornozelos e pés por causa da retenção de líquido no corpo. Colocar as pernas para o alto sempre que puder ajuda a aliviar a inflamação. Pode ser que emocionalmente você fique impaciente com a gravidez. Quer o bebê nos seus braços, não na barriga!

Algumas sugestões para que o terceiro trimestre seja mais cômodo e satisfatório:

1. Se o clima permitir, dê uma caminhada várias vezes por semana. O ar fresco vai te dar vigor, e fazer com que o sangue circule e reduzirá algumas das dores e rigidez que você pode estar sentindo.

2. Vá a algumas aulas pré-natais para aprender medidas de comodidade e exercícios de alongamento. Use os exercícios de relaxamento que te ensinamos junto com alguma imagem visual e música, para que te ajude a relaxar e se enfocar nas emoções que te esperam.

3. Para mais comodidade, durma de lado durante a noite. Use travesseiros para apoiar a perna para cima e as suas costas. Durma pelo menos sete horas por noite e tire sonecas durante o dia, para estar o mais descansada possível na hora do nascimento.

4. Ler muita informação sobre o parto, o nascimento o cuidado do bebê vai ajudá-la a diminuir suas ansiedades e a prepará-la para os eventos que virão.

5. Não falte a sua consulta pré-natal semanal para que o médico possa acompanhar seu progresso e do bebê, à medida que se aproxime do nascimento. Saber que tudo está bem vai fazer com que você relaxe e aproveite as últimas semanas de gravidez.

Olhando para o futuro

Então, o que pode ser o lado positivo do terceiro trimestre? Normalmente, é a crescente antecipação e emoção: saber que o bebê está crescendo e saudável, senti-lo se mover e chutar cada vez mais vigorosamente, se preparar para o nascimento, escolher um nome, comprar a roupa e preparar todas as coisas para cuidá-lo em casa, e perceber que em apenas algumas semanas ele vai estar aqui. E, é claro, ajuda saber que todo o incômodo físico que você está sentindo agora é passageiro e vai embora logo que o bebê nascer. É uma época incrível – então tente relaxar e aproveitar. Você já está quase lá!