(84) 3082-1871 / 3222-8231 / 3201-3807

Dúvidas freqüentes

Por que vacinar?
As vacinas são produzidas a partir dos agentes infecciosos que causam as doenças que se deseja evitar. Elas estimulam o sistema imunológico (sistema de defesa) a produzir células protetoras contra esses agentes. Assim, quando em contato com algum vírus ou bactéria já vacinado, essas células protetoras não permitem a instalação desta doença.

Quais as vias de administração das vacinas?
A maioria das vacinas são injetáveis, exceto a da pólio e a rotavírus que são administradas por via oral.

Quantas vacinas podem ser aplicadas no mesmo dia?
O ideal é que se apliquem apenas 2 vacinas no mesmo dia, para que o sistema de defesa possa agir com eficácia. A próxima vacina deve ser aplicada num intervalo que pode variar de 3 a 30 dias - dependendo da vacina - para direcionar novamente as células de defesa para as novas vacinas.

Criança resfriada pode ser vacinada?
Os quadros virais não contra indicam a vacinação se a criança não estiver com febre nas últimas 48 horas.

Criança com quadro de alergia pode ser vacinada?
As doenças alérgicas como asma, rinite ou dermatite atópica não contra indicam a vacinação.

Quais as reações mais comuns após uma vacina?
Todas as vacinas podem produzir reação nas primeiras 48 horas, e as reações mais comuns são febre e dor no local da aplicação.

O que fazer em caso de reação?
Os analgésicos orais de uso natural melhoram o desconforte. No local da aplicação, nada deve ser utilizado.