(84) 3082-1871 / 3222-8231 / 3201-3807

Saiba como melhorar o desenvolvimento de crianças

A altura de cada pessoa depende de vários fatores, como genética, sono, alimentação, atividade física, gênero e fase da vida. Os homens costumam ser até 13 cm mais altos que as mulheres, e à medida que o indivíduo envelhece vai “encolhendo”, por um encurtamento dos ossos e músculos.


Para descobrir se o seu crescimento está adequado ou não, os médicos fazem um raio X da mão e do punho esquerdos, disponível no Sistema Único de Saúde (SUS). Com essa imagem, é possível detectar o padrão de maturidade dos ossos, proporcional ao crescimento, uma vez que a altura de cada um está relacionada com seu desenvolvimento ósseo.


Esportes em geral são bons para quem precisa crescer, segundo a pediatra Ana Escobar e o endocrinologista pediátrico Hamilton Menezes. Exercícios aeróbicos, como natação e modalidades coletivas, são importantes para a criança e o adolescente.


A atividade física garante o aumento da capacidade cardiorrespiratória e a distribuição do oxigênio pelo corpo, além de evitar a obesidade, que prejudica o desenvolvimento – os gordinhos crescem antes e mais rápido, mas param cedo e no final ficam baixinhos.


Os médicos não recomendam musculação antes da puberdade. É importante esperar até essa fase, para ter certeza de que o crescimento chegou ao fim. Além disso, crianças e adolescentes têm mais risco ósseo e articular em atividades de alto impacto.