(84) 3082-1871 / 3222-8231 / 3201-3807

Histórias com sabor, cheiro e amor

Uma dica para mamães que gostam de escrever, fotografar, fazer colagens e guardar lembranças. Que tal registrar a introdução  dos alimentos do seu bebê por meio de um caderno, diário ou mesmo um blog?
 
Vale colocar desde a primeira papinha, as frutinhas preferidas, as reações, as comidinhas favoritas, primeiro restaurante, momentos de festa, receitas da vovó, histórias, enfim, todas aventuras culinárias do bebê. Assunto é que não falta.
 
Isso é muito legal para visualizar o desenvolvimento do bebê e sua aceitação dos alimentos na linha do tempo. A ideia é registrar o que a criança comeu e depois contar para ela as coisas gostosas dessa experiência.
 
Se for um caderno ou diário, dá para colar fotos, desenhos, textos e interferir nas imagens inclusive com a participação do bebê, mas sem se importar demais com o resultado estético porque a intenção é apenas aumentar o interesse da criança por comidas e gravar a espontaneidade dos momentos.
 
No caso de um blog, o importante é não se deixar influenciar pela audiência, já que o objetivo não é atrair visitantes. Esse é apenas um espaço para registrar as coisas gostosas que o seu bebê come desde cedo. É algo bastante pessoal para criar mais uma forma de vínculo entre vocês.
 
A hora de comer do bebê pode ser muito divertida e emocionante. Já imaginou a legenda da foto da primeira tentativa de comer sozinho?
 
Uma coisa que faço de 3 em 3 meses é uma lista com os “Favoritos”, contando os alimentos prediletos da Júlia do momento. O mais incrível é ver como essa lista muda e alguns alimentos vão e voltam.
 
Sinto que essa forma de registro também ajuda as mamães a expressarem a criatividade com o seu tema favorito, o bebê. Ainda mais num momento em que a sensibilidade faz a gente enxergar a vida de uma forma tão amorosa e especial.
 
E você? Já criou algo assim para seu bebê?  Quer compartilhar com a gente?